top of page
  • Foto do escritorCatarina

Descubra a Magia de Sintra e Cascais: Os Melhores Lugares a visitar

Bem-vindos a um universo encantado onde a história se mistura com a beleza natural de forma única. Sintra e Cascais, duas joias escondidas na costa de Portugal, são destinos que cativam os corações dos viajantes mais exigentes. Convido-o a embarcar neste roteiro pelos principais monumentos destas duas vilas deslumbrantes. Prepare-se para ser envolvido pela atmosfera mágica de cada uma delas, onde cada esquina revela uma história fascinante e uma arquitetura própria de cada época.


Este post pretende ser um pequeno guia sobre o que pode visitar em Sintra, sob o olhar de uma guia e moradora, e também dar a conhecer a melhor forma de o fazer se quiser realmente aproveitar o seu dia e explorar o melhor possível sem perder nenhum ponto importante.


Jardim da Correnteza - Sintra



Como já se devem ter apercebido parem de guia sou também munícipe de Sintra e vou falar não só como guia local mas como moradora, toda a minha vida aqui morei, a casa do meu o meu pai era por trás da estação de comboios e também ele é um sintrense de gema, assim como a minha mãe embora morasse mais longe do centro na época em que se conheceram. Escolhi ser guia local porque é algo que eu realmente gosto, conviver com as pessoas e mostrar esta bela terra encantada com a sua História e os seus mistérios. Sei que sou suspeita para falar e claro que vou "puxar a brasa á minha sardinha" mas claro que a escolha será sempre sua.

Carrinha da MoonShadow Tours
Carrinha da MoonShadow Tours


A visão de uma Guia de Turismo


No meu dia-a-dia vejo muitos turistas que chegam a Sintra sem saber exatamente o que ver ou então pensam que tudo ali fica perto quando na realidade não é bem assim. Embora muitos dos locais a visitar se situem na zona mais central.


Sintra é o segundo maior concelho de Portugal, com cerca de 400 000 habitantes, desde Queluz até á Vila de Sintra.

Sintra foi habitada por celtas, romanos, mouros e até vikings, era o fim do mundo conhecido e também um local de peregrinação, as suas caraterísticas únicas fizeram deste lugar aquilo que ele é hoje. Mas se até há cerca de 15 anos atrás era possível encontrar locais secretos e sem turistas, hoje em dia é quase uma missão impossível.


Para começar o melhor é mesmo chegar cedo! Ao sair de Lisboa deve apanhar o comboio da estação do Rossio, é uma linha direta que demora cerca de 45 minutos. Também pode ir em carro próprio mas deixo o aviso que o estacionamento em Sintra é escasso e caro, além de ruas estreitas, o pouco estacionamento que há fica longe do centro, logo se tiver dificuldades em andar não é recomendável.


 

Dica: Se quer vir de carro a melhor sugestão é contratar um motorista ou guia que o transporta a Sintra em cerca de 20 minutos e o orienta na sua visita.

 


Estação de Comboios de Sintra
Estação de Comboios de Sintra
Viagem de Comboio

Na chegada á estação não se assuste pois vai encontrar muitos guias e condutores de tuk tuk com cartazes na mão a tentar vender alguma coisa, o barulho ensurdecedor dos veículos e os gritos dos vendedores podem deixa-lo desorientado, prepare-se para ser abordado e perseguido. Avalie com calma pois o serviço pode não ser o que deseja. Poderá ficar tentado a ir de autocarro pelo seu baixo preço (que ainda assim para um autocarro publico considero caro: 15€ na época alta), mas não se iluda, este autocarro sai sempre lotado, arrisca-se a ir em pé já para não falar do tempo que ele demora e faz um circuito circular entre o Palácio da Pena e a estação.

A maioria destes guias vai apenas vender um transporte ao Palácio da Pena e depois deixam-no lá (sem qualquer orientação) e voltam á estação para conseguir mais pessoas, já terá muita sorte se lhe contarem a real historia sobre os monumentos. E quanto mais tarde chegar pior! As filas são enormes.


Nos meus tours tem a garantia de que vou esperar por si enquanto visita os monumentos além de lhe contar a real Historia sobre os mesmos e ainda algumas das lendas e curiosidades.

O primeiro lugar que todos querem visitar é o Palácio da Pena, e a maioria das pessoas quando chegam a Sintra perguntam por este monumento, mas deixem que vos diga, existem muito mais sítios para ver e bem mais interessantes. Mas vamos por partes:


Palácio da Pena - Sintra
Visitando o Palácio da Pena

Desde 2020 /2021 que foi implementado um sistema de slots para se entrar no Palácio da Pena a evitar os aglomerados de pessoas, o que significa que as visitas serão com hora marcada, isto fará com que além da fila para comprar bilhetes tenha outra fila para entrar no palácio. No total a visita pode demorar entre 1:30h até 3h. Os preços vão desde 10€ apenas os jardins (só para jardins não existe hora marcada) até 20€ para jardins e palácio. Dentro dos jardins vai também encontrar o Chalet da Condesa que está incluido na visita qualquer que seja o bilhete que compre. Recomendo comprar bilhetes com antecedência, principalmente se quiser visitar o palácio por dentro, de qualquer das formas será complicado evitar fila (mesmo que algum guia lhe prometa isso) a não ser que esteja em época baixa.


O Palácio da Pena recebe cerca de 6000 visitantes por dia. Os bilhetes para visita dentro do palácio têm hora marcada e um limite de 300 visitantes por slot, por isso esgotam tão rapidamente.


Castelo dos Mouros

Não costumo incentivar a sua visita, vai pagar 12€ para caminhar cerca de 45 min pelas muralhas e apreciar a vista, quando pode fazer o mesmo no Palácio da Pena. Mas claro que a pessoa é livre de entrar e visitar se assim o entender.





Centro Histórico: O Centro da Vila de Sintra


Desde 2018 é proibido a circulação automóvel pelo centro da Vila de Sintra, autorizada apenas a residentes, táxis e transporte de mercadorias para as lojas. Para visitar o centro de Sintra terá que ser a pé. Aqui vai encontrar a pastelaria mais antiga de Sintra, a Piriquita, com uma história muito curiosa, onde pode provar os doces tradicionais de Sintra: as queijadas e os travesseiros.





No Centro Histórico pode igualmente encontrar restaurantes e lojas de recordações, e sem dar conta já terá passado toda a manhã. Procure um restaurante local para almoçar, esqueça as pizas e hamburguers se realmente gosta de comida a sério! As minhas recomendações são o Adega das Caves localizado na Vila de Sintra ou então o Apeadeiro junto á estação de comboios. Tenho ainda uma terceira recomendação mas essa é apenas para quem faz tours comigo, se quiser saber qual é já sabe o que fazer, mas garanto que estes dois já fica muito bem servido!



Palácio Nacional de Sintra

O Palácio Nacional ou Paço da Vila como lhe chamam os locais também é interessante de visitar por ser um palácio medieval, a sua origem remonta aos mouros embora tenha sofrido algumas alterações desde o sec XII até ao sec XV. O bilhete custa 13€ e a visita demora cerca 1:30h.



Casas Senhoriais de Sintra: Chalet Biester, Quinta da Regaleira e Monserrate

No caminho para a Quinta da Regaleira vai encontrar um local deveras interessante para visitar, se quer realmente evitar as filas visite o Chalet Biester. Vai-se encantar com os seus jardins e com o edifício em si que remonta ao sec XVIII, com pinturas de Luigi Manini e azulejos de Bordalo Pinheiro, entre outros artistas famosos da época. O bilhete custa 11€ para um tempo de visita de cerca de 1:30h a 2h.




A edificação deste palácio remonta ao século XIX (1880-1899). O Palácio Biester constitui um exemplar ímpar da arquitetura romântica, tendo sido residência da família Biester, que o encomendou a José Luiz Monteiro, arquiteto de renome da arquitetura nacional, que lhe conferiu uma decoração singular e vários detalhes artísticos, que ficaram a cargo do mestre entalhador Leandro Braga e do artistas Luigi Manini e Paul Baudry.

Os detalhes decorativos que vais encontrar no Palácio Biester são, sem dúvida, um dos seus maiores atrativos para uma visita mais demorada.


Poço Iniciático - Quinta da Regaleira

Uns metros á frente tem a Quinta da Regaleira, este local também é muito visitado poderá encontrar alguma fila aqui se for comprar bilhetes, que custa cerca de 12€, mas se já os tiver de antemão não tem que se preocupar, fará a visita calmamente em cerca de 1:30 a 2hh. Dentro encontra o Poço Iniciático, vários símbolos da maçonaria templária e significados místicos e esotéricos.


Na estrada que leva até vila de Colares passará pelo Palácio de Monserrate, quase impercetível no meio da vegetação. A grande maioria dos guias nem sequer faz uma paragem aqui, não é dos locais mais visitados mas os seus jardins são de apreciar. Nas minhas visitas a paragem aqui costuma ser rápida apenas para ver por fora, mas se ainda tiver tempo é outro lugar que eu recomendo a entrar para ver mais de perto. O preço do bilhete é 12€ com um tempo de visita de cerca de 1h.



Palácio de Monserrate - Sintra


Outros locais de interesse menos visitados


Por esta altura já serão quase 17h ou 18h da tarde, e o dia quase a terminar. Sim é muito exaustivo visitar Sintra num dia mas ainda tenho mais dois locais para falar. O primeiro é o Convento dos Capuchos, este é mesmo o menos visitado em Sintra e pouco ou nada se fala dele, foi um convento de monges franciscanos e muitas a eles associadas ainda se contam. O bilhete custa 11€ e a visita durará cerca de 45 min. O segundo é o Palácio de Queluz, localizado na vila de Queluz foi o palacete de verão da família real, desenhado e construído á imagem do Palácio de Versailles. Para aqui chegar fique atento á paragem Queluz-Belas quando estiver no comboio. O bilhete custa 6€ para jardins e 13€ para o palácio com um tempo de visita de cerca de 1:30h.



Pontos a reter
  1. Chegar cedo

  2. Há pouco estacionamento

  3. Evite o autocarro

  4. Comprar bilhetes com antecedência

  5. O Centro Histórico só é visitável a pé

  6. Almoce em restaurantes locais (ajude os comerciantes locais)

  7. Ter atenção ao horário de encerramento dos monumentos.


As minhas recomendações

Para um dia de visita e sem grandes filas

  • Palácio da Pena (apenas por fora ou só jardins)

  • Chalet Biester

  • Quinta da Regaleira

  • Palácio de Monserrate

  • Convento dos Capuchos

  • Palácio de Queluz

  • Visitar Sintra com um guia



Cascais: Uma Vila de Pescadores


Depois de tudo o que vimos, ao sair de Sintra, haverá paragem no Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa e daqui segue-se a estrada em direção a Cascais.

Banhada pelo sol do Atlântico e impregnada com um charme descontraído à beira-mar, Cascais é um destino que desperta a curiosidade dos dos apaixonados pelo mar. Ao final de um dia sabe bem relaxar á beira-mar e Cascais é o local perfeito para isso e se estiver com tempo, melhor ainda.


Visitando Cascais: 5 locais imperdíveis para visitar em Cascais:
  1. Boca do Inferno: Esta impressionante formação rochosa, esculpida pela erosão do mar, é um dos pontos turísticos mais famosos de Cascais. A "Boca do Inferno" oferece vistas espetaculares do oceano e é um local perfeito para apreciar o pôr do sol.

  2. Cidadela de Cascais: Localizada no centro histórico da cidade, a Cidadela de Cascais é uma fortaleza do século XVII que agora abriga uma série de museus, galerias de arte, lojas e restaurantes. Explore suas muralhas antigas e mergulhe na rica história da região.

  3. Parque Marechal Carmona: Este tranquilo parque público oferece um refúgio verdejante longe do bulício da cidade. Com lagos serenos, jardins bem cuidados e áreas de lazer, é o local perfeito para um passeio relaxante ou um piquenique em família.

  4. Museu Condes de Castro Guimarães: Instalado em um belo palácio do século XIX, este museu abriga uma coleção impressionante de arte e artefatos históricos. Explore os salões elegantes e os jardins exuberantes enquanto aprende sobre a história e a cultura de Cascais.

  5. Praia do Guincho: Para os amantes do surf e do windsurf, a Praia do Guincho é um paraíso. Localizada a poucos quilômetros do centro de Cascais, esta praia deslumbrante é famosa por suas ondas poderosas e paisagens deslumbrantes, tornando-se um destino popular para os entusiastas dos desportos aquáticos.



Conclusão


Ufa! Eu avisei que havia muita coisa para visitar! Uma ultima dica é terem atenção ao horário de encerramento dos monumentos conforme seja época alta ou época baixa.

Será sempre um gosto ser a vossa guia, podem reservar diretamente no site onde já tenho rotas pré-definidas, mas estou sempre disponível para algo mais personalizado basta apenas que me enviem um e-mail com os pontos que pretendem visitar e eu farei a rota da melhor forma possível. Além de poder comprar os bilhetes com antecedência se isso vos for conveniente, eles não estão incluídos nos tours pelo que serão sempre cobrados á parte. Na pagina de cada tour podem também ver o que está ou não incluído em cada um deles para que não restem duvidas.



Espero que tenham gostado das dicas que aqui referidas, do meu ponto de vista como guia local e moradora, e também que elas sirvam para planearem a próxima visita a Sintra. Compreendo que quem visita pela primeira vez se possa de alguma forma se assustar mas com o devido apoio conseguirá aproveitar o seu dia da melhor forma.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page